Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Site Felinus » Notícias

O Felinus no Dia Mundial do Animal

Teve lugar, junto à Praça Sony do Parque das Nações, nos dias 4 e 5 de Outubro de 2003, a campanha de adopções de animais de companhia, organizada pela LPDA (Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais). No local estiveram presentes vários membros do grupo Felinus, que participaram activamente na entrega de gatos e gatinhos para adopção.


Maria do Céu Sampaio (presidente LPDA), Ana Ramos e o padre franciscano que abençoou os animais

A “comandar” as operações na zona de entrega de gatos esteve a veterana Ana Ramos, que conta já com 7 anos de experiência nestas lides. No entanto, a preocupação e o nervosismo de que tudo corra bem e de ver o maior número de animais (bem) adoptados é mais forte que a experiência, e a Ana admite: «eu stresso sempre imenso». Stress esse compreensível quando se atenta ao facto de haver alturas em que nenhum gato é adoptado, para logo a seguir se concretizarem várias adopções num curto espaço de tempo.


Para os inúmeros visitantes que queriam espreitar as boxes com os felinos, a tarefa nem sempre foi fácil, e pode dizer-se que muitos esperaram pacientemente por uma brecha para conseguirem chegar à “primeira fila”, e assim observar o seu possível próximo animal de estimação.


Ana Couvreur e Isabel Cabral

Elsa Oliveira e Carla Martins

Zé e Elsa Pereira


Sara André

Sandra Nogueira

Elsa Oliveira

A Raquel Leite e a Sandra Nogueira estiveram presentes nos dois dias de campanha: «Foram dois dias de enorme emoção! Ver sair o Sião, a Pricilinha e a Mãezinha, três gatos adultos, meigos e doces, foram sem dúvida os melhores momentos dos dois dias», relembra, com emoção, a Sandra. «Chorei copiosamente quando saiu o Sião, gato que quando vê uma mão em direcção a si dá um pulinho para receber melhor as festinhas e os carinhos!». Também para a Raquel, as adopções dos adultos foram o lado mais positivo da campanha: «Infelizmente ainda vão persistindo alguns preconceitos quanto à adopção de um gato adulto. As pessoas ainda preferem os bebés (...) tudo neles é cativante, e têm a ilusão que um bebé poderá ser ensinado mais facilmente. As adopções dos adultos são pequenas grandes vitórias para nós, mas sobretudo para eles».


Para a estreante Ana C., «foi uma experiência pela qual nunca tinha passado mas que me marcou bastante pela positiva. (...) Dentro de mim senti por várias vezes uma alegria e um prazer enorme cada vez que levava um gato prontinho a ser adoptado». Para todos os participantes, foram vários os momentos inesquecíveis naquele dia, mas à Ana C. marcou-a «aquela menina que foi o caminho todo a chorar, agarrada ao gatinho, e a mãe a dizer-me que ela chorava poque os outros ficavam lá». Também conhecida por Lycia, a lisboeta rematou: «Aprendi muita coisa no sábado e trouxe um coração maior.»



Sião a aguardar adopção

As boxes para exposição

Tuguinha a aguardar adopção

Priscilla a aguardar adopção

Spirou a fazer charme a potenciais donos

Dois jovens irmãos

A Isabel Cabral e a Adélia Costa estiveram na zona de oficialização de adopções e colocação dos microships. Para a Isabel esta é já a 3ª participação numa campanha de adopções de animais. Na primeira vez esteve na área de entrega dos gatos, mas o stress de ver animais rejeitados por inúmeras razões e até mesmo devido à dificuldade que teve em entregar a um novo dono um gatinho que houvera recolhido da rua por a ele se ter apegado, levaram-na a querer mudar a forma como contribuía para esta causa. «[Fui] para ajudar com a necessária, chata e trabalhosa, mas também protectora burocracia. Quem está a preencher impressos de entrada e saída de animais, ininterruptamente, não tem tempo para reparar nos dramas que estão em volta e só vê o bom, que são os animais que saem». Para a Isabel, foram «sensações muito gratificantes ver pessoas que deliberadamente escolheram animais adultos e, nalguns casos, mesmo deficientes», como foi o caso de um cão sem uma pata ou, em campanhas anteriores, de alguns gatos cegos de um olho.


Para alguns, o dia foi fisicamente marcante. Elsa Oliveira veio expressamente do Porto para participar no evento, e sofreu um ligeiro acidente quando, ao retirar uma gatinha de uma das boxes, inadvertidamente lhe entalou a ponta da cauda, levando o animal a manifestar-se nos braços da nortenha. «Como ficámos ligadas pelo sangue, foi a que mais prazer me deu ver adoptada. Fui mesmo eu que fui com os donos colocar o microship e fui com ela à carrinha ajudar à operação.» A visita à Expo teve um saldo largamente positivo: «Adorei lá ter estado e rezo para que todas as adopções sejam para a vida toda, que não tenham sido por impulso».




Finais Felizes


Do mesmo receio partilha a Carla Martins: «Já ouvi tantas vezes, e a tanta gente: "Os gatos safam-se, os gatos sobrevivem, os gatos adaptam-se, os gatos defendem-se". E os gatos, insensíveis a tantos argumentos, nem sempre se safam, nem sempre sobrevivem, nem sempre se adaptam, nem sempre se conseguem defender…» Por essa razão, a Carla frisou a uma pequena criança que «um gatinho dura muitos anos, pode durar 20 anos. E tu tens de tomar conta dele esses anos todos. Por isso é melhor pensares bem, e pensares com a tua mamã se é boa ideia teres um gatinho».


Felizmente, há paixões e adopções que vão para além do Dia Mundial do Animal na Praça Sony, e a Ana Ramos partilha, com alegria: «uma senhora que viu ontem [uma gatinha siamesa] conseguiu o meu contacto e ligou a dizer que queria ficar com ela».


Conseguir entregar animais para adopção é uma tarefa extremamente gratificante quando se pensa nos inúmeros animais abandonados que muitas vezes dependem de dias como este para conseguirem um novo lar. «Tenho a absoluta consciência de que é impossível ganhar esta guerra, mas dia a dia podemos ir ganhando muitas batalhas», afirma a Sandra Nogueira, enquanto a Raquel remata: «Nem que seja por uma só adopção, vale sempre a pena!».



Texto: Filipa Bastos
Fotos: Filipa Bastos, Ana Couvreur, Raquel Leite, Ana Ramos

- Filipa Bastos (Filipa Bastos) [ Europe/Lisbon ] 2003/10/13 18:48

Versão para Impressão Enviar a um amigo

» Pricia ( Patrícia F.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/11/29 02:21
Ainda não encontrei a foto do meu Freddy em lado nenhum sad.gif. Paciência. Em compensação já tem mais de 200 digitais. Como é bebé, cada vez que se mexe leva uma foto para recordação smile.gif. Sim, eu sou a famosa "doida por gatos". Tenho pena que não se realizem mais eventos como este. Aparentemente, a a maioria é destinada a gatos "de marca". Sei que comporta custos e deslocações muitas vezes incómodas mas é apenas uma ideia. Até à próxima.

» catw ( Carla Mar) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/21 23:52
Eu já a andei a tentar convencer que ela dava uma excelente reporter! Mas ainda não está convenvida biggrin.gif

Patricia, tens toda a razão, não há gatos feios! biggrin.gif Várias vezes me disseram:"Ainda estou para ver o dia em que tu digas que um gato é feio!" São todos lindos, todos tem os seus encantos. Bem haja a quem vê para além da embalagem. Espero que tenhas encontrado quem fotografou o teu piqueno, beijinhos CM

» Caneco ( Antonio B.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/18 21:30
A "reportagem" está excelente Filipa. Tens de ir para jornalismo! Ainda bem que houve tantas adopções biggrin.gif

» Pricia ( Patrícia F.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/18 03:04
Passei pelo Parque das Nações por curiosidade e tive oportunidade de verificar a quantidade de animais que iam sendo admirados e adoptados, por miúdos e graúdos. Perto de mim, um casal muito jovem acolheu uma cria siamesa linda (já agora, não há gatos feios). Espero que tenham todos a mesma sorte que o meu está a ter.
(O meu gato mais novo foi adoptado, dia 27/Set., através de uma morada presente neste site, para ser amigo de outro com 3 anos.)

P.S. - Na manhã desse Sábado (4/Out), pelas 11:00, junto ao stand do canil/gatil da CML, uma "menina" tirou uma foto ao meu gatinho que é amarelo, com cerca de 3 meses e olhos lindos. Terá sido alguma das meninas que aparecem mencionadas na reportagem?
Adorava saber pois foi a 1ª. foto dele. Se tiverem sido, contactem-me, s.f.f. Obrigada

» Miau ( Susana Almeida) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/16 12:45
Quero dar os parabéns pela acção neste fim de semana. Nunca imaginei que tantos gatos poderiam encontrar um dono que lhes desse tudo o que necessitam para serem felizes. Um bem hajam

» Ana Ramos ( Ana Ramos) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/15 01:13
Pena a Manuela não ter ficado mas ia com o Sansãozinho...
Dos adultos estão todos bem só me falta saber do Sião mas... a priscilla não aproveitou a sorte que teve ataca o gato da dona a ponto de o ferir pois quer a dona só para ela. A senhora tem feito tudo ainda vai tentar uma amiga mas.. chora por a ter de devolver. A dona estava certa a gata é que não aproveitou. Dos outros os donos estão todos felizes em particular os da ex estrelinha actual margarida que há 6 anos estava na uz. A siamesa veio da rua de uma bairro muito mau e já está com donos. O outro gato que com ela veio idem e foi dado sabado. Falta a mana dele. Ela foi presa numa armadilha de raposas e precisa muito amor embora seja muito meiga. Por isso a Carla tem razão. Todo o cuidado é pouco. Nós tentamos e alguns potenciais donos não foram aceites. Um animal não é um peluche.nem uma coisa que se adquire mas não se pretende tratar.
O gato da CML que "sobrou" um adulto muito meigo foi para a uz e dado muiiito bem há uma semana. A outra está na SAra a curar-se mas já tem dono. Vale sempre a pena. Perto de 180 encontraram casa.
Que sejam felizes ... obrigada a todos (todas)e aos bons donos que lá apareceram.

» Scarlet ( Isabel C.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/15 00:43
Gostei imenso do texto, Filipa. E estou de acordo com a Manuela, acho que tens que enveredar por uma nova carreira biggrin.gif Parabéns! PS Nem sabia que tinha sido fotografada biggrin.gif

» Binoche ( AnaC) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/14 22:59
Muito bom o texto. Adorei le-lo porque revi toda a emoção do dia do animal.
Ahhhh e já agora um pequeno senão: o spirou foi só aguçar o apetite a várias pessoas, porque o spirou foi um gatinho que esteve em minha casa, foi muito bem dado, e naquele dia foi só lá fazer-me uma visita e mostrar como é lindo. Mas que tantos o queriam.... é verdade.

» mhortaramos ( Maria Manuela Picado Horta Alves Ramos) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/14 19:09
Muito boa. Porque é que não enveredaste pela carreira de jornalista ou repórter? Tens imenso jeito, Filipa.
Manuela

» Mastah ( Paulo Azevedo) » [ Europe/Lisbon ] 2003/10/14 18:19
Olhem para elas todas alegres !smile.gif Muito bem ...
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2022 Equipa Felinus