Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Site Felinus » Notícias

Primeira vacina preventiva da leishmaniose canina em Portugal


A leishmaniose canina é uma doença frequentemente fatal, cujos sintomas incluem febre, queda do pelo (em especial à volta dos olhos), perda de peso, lesões cutâneas e problemas nas unhas.

Segundo a bastonária da Ordem dos Médicos Veterinários, Laurentina Pedro, a comercialização desta vacina é um passo "muito importante" na proteção da saúde pública, pois esta é uma zoonose e, por isso, pode ser transmitida aos seres humanos.

"Uma vacina contra uma doença tão grave como a leishmaniose canina evita tratamentos dispendiosos, o sofrimento do animal, dos seus donos e o risco que estes correm de serem infetados", disse.

Segundo o laboratório que comercializa a vacina, esta foi desenvolvida pela Bio Veto Test (BVT), em conjunto com o Instituto de Pesquisa e o Desenvolvimento (IRD) e as equipas de investigação e desenvolvimento do grupo Virbac.

"Este projeto é baseado numa invenção patenteada da IRD relativa à cultura da leishmania, tendo o IRD concedido uma licença exclusiva à BVT para o mercado veterinário", prossegue a empresa.

A vacina poderá ser administrada a partir dos seis meses de idade, sendo que o ciclo de vacinação completo consiste em três injeções, com intervalos de três semanas, e proporciona uma defesa interna prolongada contra os sintomas da infeção, segundo informação do laboratório que a comercializa.

A proteção implica ainda uma dose de reforço anual da vacina para manter a imunidade.

A Lusa questionou o laboratório Virbac sobre os custos desta vacina, mas este explicou que não pode, por lei, divulgar esta informação.

Esta comercialização foi possível porque o Comité para os Medicamentos Veterinários (CVMP) da Agência Europeia do Medicamento (EMA) emitiu, a 13 de janeiro deste ano, um parecer positivo para a vacina.

A 14 de março, a Comissão Europeia confirmou este parecer ao atribuir ao laboratório Virbac a Autorização de Introdução no Mercado (AIM) europeu para esta vacina.

A vacina será lançada numa primeira fase na Europa do Sul, até ao final do primeiro semestre de 2011, uma implantação que "tem em consideração a prevalência geográfica da doença e o período necessário para a produção em maior escala da vacina".

A apresentação deste produto em Lisboa será feita terça-feira, perante mais de 700 veterinários.

Fonte: SIC Noticias

Autor: Reprodução
Primeira vacina preventiva da leishmaniose canina em Portugal

- AnaBeatriz (Ana Beatriz) [ Europe/Lisbon ] 2011/05/23 17:40

Versão para Impressão Enviar a um amigo
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2017 Equipa Felinus