Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Notícias

Falta de meios deixa 600 animais ao frio e à chuva






Autor: http://www.uniaozoofila.org/

Cerca de 150 gatos e 450 cães estão à mercê das intempéries na União Zoófila, em Lisboa. A presidente da instituição pede ajuda a particulares ou a empresas de construção civil que possam ajudar a reparar os telhados.

"A União Zoófila está péssima a nível de melhoramentos no canil", lamentou ontem Luísa Barroso, a presidente da Instituição.

No dia do 58º aniversário da União Zoófila, a responsável lamentou a falta de apoios da Câmara Municipal - apesar de frisar que as instalações estão em terreno municipal - e lançou um apelo à sociedade: "Temos imensas boxes onde chove e seria muito bom se houvesse ajuda de alguém da construção civil que nos pudesse reparar os buracos dos telhados".

No passado mês de Abril, o JN esteve no local e testemunhou o desespero dos responsáveis perante a escassez de alimentos. Felizmente, ontem, a situação era diferente. "Nesta altura temos os armazéns cheios de comida", afirmou Luísa Barroso, apontando, todavia, que "a época pior é a do Inverno e por isso vamos chegar a Janeiro com os armazéns vazios".

A responsável máxima da União Zoófila aproveitou para agradecer todas as ajudas que recebeu após a situação denunciada pelo JN: "Fiquei muito comovida com a solidariedade que as pessoas demonstraram mesmo estando o país atravessar uma crise", disse.

Todavia, Luísa Barroso explicou que, para além do mau estado dos canis, a associação tem urgência noutro tipo de ajudas: medicamentos e produtos diversos (ver caixa).

"A maior parte dos cães que nos chegam aqui são abandonados e muitos deles aparecem gravemente doentes", explicou, referindo que "são animais velhos que precisam de muitos cuidados médicos". "A medicação cobre-nos imenso o orçamento", prossegue, referindo que a instituição é "obrigada a gastar muito dinheiro em operações e medicamentos".

Como tal, a Instituição divulgou uma lista dos medicamentos mais necessitados, como, por exemplo comprimidos Alopurinol, Alsir, Atarax, Biossolvon, Nizale, Primperan, Tisnel ou Ulcermin. Pomadas como Bacitricina ou seringas são outras das necessidades.
Autor: http://www.uniaozoofila.org/

Recorde-se que a União Zoófila não recebe qualquer ajuda do Estado ou de outro organismo público. Basicamente, sobrevive com o pagamento das quotas dos seus sócios (25 euros por ano) e dos donativos feitos por empresas ou pessoas mais sensíveis a estas causas.

Os responsáveis da União Zoófila lembram que estão disponíveis para todos aqueles que desejem adoptar um animal - cão ou gato - e apelam aos eventuais interessados para que visitem as instalações e escolham aquele que querem adoptar. As visitas para adopção de cães são feitas às quartas-feiras, sextas-feiras e sábados, das 14 horas às 16.30 horas. Relativamente à adopção de gatos, as portas abrem-se ao sábado e domingo no mesmo horário. Em ambos os casos, deverá responder apenas a umas breves perguntas dos voluntários da instituição e assinar um termo de responsabilidade. A União Zoófila situa-se nas traseiras da Igreja das Furnas, em São Domingos de Benfica.


2009-11-18
CRISTIANO PEREIRA



Jornal de Notícias, 18 de Novembro de 2009







- Becas (Fernanda Ferreira) [ Europe/Lisbon ] 2009/11/23 14:19

Versão para Impressão Enviar a um amigo
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus